6 de set de 2007

Como se dar bem contra piadas babacas (parte 8)

E para não perdermos o costume e o fio da meada la vai mais dois tópicos do nosso curso completo. Como hoje é véspera de feriado, resolvi adientar essa postagem.
Bons estudos e boa sorte!!!

Se eu vendesse antenas, por apenas R$ 100 você levaria uma montada?


Opa, opa, opa! Muito cuidado. Não aceite essa oferta. O biltre está querendo ludibriá-lo. A verdadeira intenção da frase é perguntar se você aceitaria, por apenas R$ 100, ser penetrado. Sim, pois repare que "levar uma montada" é a forma como algumas pessoas se referem ao ato de se submeter à posição passiva numa cópula.
Vamos tirá-lo dessa enrascada. Diga assim: "Não, mas poderíamos ser sócios nesse negócio. Para juntarmos dois mil, é só ter mil meu com mil teu, certo?". Ele dirá "sim" e você terá enganado o trouxa com uma complexa ilusão fonética.
Repare que a expressão "com mil teu" equivale acusticamente à "comi o teu", que por sua vez será compreendida por todos como uma declaração confirmada de que você "introduziu o pênis (comeu) no reto do paspalho".
Não tem mais volta. Você é definitivamente o rapaz mais comentado da região, por sua esperteza e bom-humor. É hora de converter essa fama a seu favor, seja para ganhar dinheiro, vendendo conselhos e dicas à molecada, seja para benefícios sexuais ou sentimentais, com as mocinhas que o esnobavam antigamente.


Você pinta como eu pinto?


Essa pergunta é bem velha, do tempo em que chamavam os órgãos sexuais masculinos de pinto. Mas ainda há vítimas para ela. Preste atenção na hora de responder.
Na verdade, seu amigo está tentando ludibria-lo, perguntando se você brinca com o pênis dele. O truque está na semelhança fonética com a frase "Você pinta com o meu pinto?". A resposta é simples: "Não. Não pinto com broxa".
Desse modo você nega que usa o pênis dele e ainda insinua que ele não tem vigor sexual. Como? Reparem que broxa, além de ser aquele instrumento usado por pintores de parede é também um dos sinônimos para impotente. Pode usar sem problemas. É muito eficaz. Seus amigos vão ficar tão admirados contigo que jamais vão marcar um encontro para um dia que você não puder comparecer.


Bonus:


Jacaré sabe andar em terrenos alagados. Mas, jacaré no seco anda?


Opa! Calma lá, rapaz. Esta é uma brincadeira da velha geração e é bem possível que seu pai já tenha sido vítima dela. Não fale "sim", pois o adversário está lhe perguntando, disfarçadamente, se um "jacaré no seu cu anda".
Ao confirmar, você dará a impressão de que é um homossexual, daqueles que deixam até um jacaré andar em seu ânus. Seja frio e responda "jacaré não entra".
Rapidamente, pergunte ao seu colega "em buraco de toupeira, tatu caminha dentro?".
O espertinho vai dizer que sim, sem perceber que você perguntou "está tu com a minha dentro", uma forma maliciosa de questionar se seu pênis está dentro do indivíduo. Depois de inverter o jogo de maneira tão genial, seus amiguinhos vão passar a respeitar mais seu juízo, deixando de zombar de você caso use roupas estranhas que sua tia lhe deu de aniversário.

2 comentários:

Fernando disse...

Boas saídas na hora do aperto. hehehehe

Ráááááá disse...

Mais então...
Aqui tão vendendo paçoquinha mto caro, R$ 2,00 cada...
Vc sabe quanto tá a paçoca ai?

Abraço por trás...