19 de out de 2007

Eita que minha cidade tá importante...

Líderes do PCC depõem hoje em Jundiaí
O juiz Jefferson Barbin Torelli, da Vara do Júri de Jundiaí realizará hoje uma das missões mais importantes de sua carreira: colherá o depoimento de 15 pessoas acusadas de pertencerem ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Ontem, um dos integrantes, Sérgio Eduardo de Castro, o "Cabelinho", foi condenado a 8 anos de Cadeia em julgamento realizado sob forte esquema da Polícia Militar.
Nada comparado ao que será montado hoje em torno do Fórum, com atiradores de elite e homens especializados das duas polícias. Toda a rotina do centro será modificada e o setor deve ser evitado pelas pessoas por medida de segurança.O depoimento dos 15 bandidos, que virão em camburões de presídios de segurança máxima, começa às 13 horas e não tem hora para acabar. Os denunciados pelo Ministério Público respondem processo pelos ataques contra instituições públicas, empresas de ônibus, prédios privados e a morte do soldado da Polícia Militar de Jundiaí Nelson Pinto, no dia 12 de maio do ano passado, na rua Senador Fonseca, após uma emboscada.
Gelsinho será ouvido - Além da presença de Marcola, a estrela do bando, existe expectativa em torno do depoimento de Gelson Gomes. Ele conseguiu escapar de um cerco no Jardim São Camilo, que contou com cerca 60 homens e um helicóptero, no ano passado. Gelson Gomes foi o pivô de uma série de denúncias na Polícia Civil, fato que teria levado o então delegado Seccional, Joaquim Dias Alves a ser substituído do cargo. Nada foi provado até agora.
Update: Não aguento mais tanto helicóptero passando sobre minha cabeça...aff!!

Um comentário:

Claudya disse...

Victor, tem um selo prá vc. no Blog-Memories. Bjs.